Educamoc - O Portal da Secretaria Municipal de Educação de Montes Claros
Publicado Ter, 28 de Agosto de 2018 Imprimir
Bienal do Livro de Montes Claros contou com a presença de mais de 10 mil pessoas em 3 dias de evento

Farley Henrique (Educamoc)

A primeira Bienal do Livro de Montes Claros, ‘Viva Letra, Letra Viva’ vai deixar saudades. Ao longo de três dias (24, 25 e 26 de agosto) mais de 10 mil pessoas visitaram o espaço do evento no Estacionamento Norte do Montes Claros Shopping e puderam acompanhar oficinas, lançamentos de livros, palestras, apresentações musicais e mais de 13 sessões de teatro. Tudo isso envolto de muitos livros nos estantes do evento.

No domingo (26), último dia de evento, foi realizado o lançamento dos livros “Na Trilha da Leitura”, de autoria da coordenadora do Projeto Montes Claros na Trilha da Leitura, Éllen Santa Rosa, com ilustração de Anízio Rocha, pela Editora Caminhos Iluminados, que conta a história da personagem Lalinha, do Trilha da Leitura, que, ao ouvir uma história contada pela avó, entra dentro dela, viajando nas suas trilhas e conhecendo novos amigos; e "Buriti Grande", da autora montes-clarense Marismar Borém, pela Aletria Editora, que aborda o resgate de uma infância feliz na roça, os hábitos de subir no pé de manga, nadar nos rios, cuidar dos animais, entre outros. 

"Estou muito feliz pois a Bienal é uma oportunidade de mostrar, primeiramente, a leitura e o valor dos conhecimentos dos livros para as crianças e motivar nelas o hábito de ler, e isso tudo foi visto aqui”, afirma a escritora Marismar Borém.

Final

A primeira Bienal ‘Viva Letra, Letra Viva’ chegou ao fim com a exibição do espetáculo teatral “Nas Trilhas de Montes Claros”, uma viagem bem-humorada pela história de Montes Claros, destacando suas lendas, costumes, autores, festas tradicionais e sua cultura, apresentado pela equipe do Projeto Montes Claros na Trilha da Leitura.

“Esta Bienal foi resultado de muito esforço de muita gente. A Secretaria de Educação tomou essa iniciativa envolvendo todos os professores e todas as escolas, pois acreditamos no incentivo à leitura para um futuro melhor. Tivemos um bom público em todos os dias e pelo que tenho conversado todos ficaram encantados. Isso mostra uma visão inédita e que a Secretaria Municipal de Educação está no seu caminho certo, promovendo uma educação de qualidade”, comenta secretário municipal de Educação, Benedito Said. 

De acordo com a diretora técnico-pedagógica da SME e coordenadora da Bienal, Elisângela Mesquita, a participação dos parceiros foi fundamental para o sucesso do evento. "A Bienal foi uma semente plantada com fé, ousadia e coragem. Agora é importante cultivar, pois superou as nossas expectativas. Ficou a responsabilidade e o compromisso de dar continuidade a este trabalho a cada ano. Estamos certos e agradecidos pela imensurável colaboração dos patrocinadores e apoiadores, que se tornaram junto à SME pioneiros e protagonistas dessa história, pois sem eles, não teríamos realizado a primeira Bienal do livro em Montes Claros.", afirma Elisângela.

Fotos: Mauro Fernando

Leia também:

SME promove “Treinamento Prático de Cantineiras”

Segunda noite da Bienal teve lançamento de livro e performance poético-musical

Trilha da Leitura lança livro do projeto neste domingo durante a Bienal

Começou a Bienal do Livro ‘Viva Letra, Letra Viva’