Educamoc - O Portal da Secretaria Municipal de Educação de Montes Claros
Publicado Quin, 12 de Julho de 2018 Imprimir
Formatura do Proerd é realizada na comunidade de Tabuas

Farley Henrique (Educamoc)

Aconteceu nessa quarta-feira, 11, na Associação de Moradores da comunidade Rural de Tabuas, a formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), Programa realizado pela Polícia Militar (PM) em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SME), que contemplou 121 crianças das comunidades de Peri Peri, Cachoeira do Bananal e Poço Novo.

Desenvolvido nas escolas municipais Joaquim Rodrigues da Rocha, Manoel Ferreira e Santa Clara, nos meses de abril, maio e junho, o Programa trabalhou com alunos do Ensino Infantil ao 5º ano do Fundamental o desenvolvimento da autoestima, cultivo da felicidade, controle de tensão, civilidade, técnicas de autocontrole e resistência as drogas, em atividades semanais, ministradas por policiais voluntários, cuidadosamente capacitados.

"Este Programa é uma ferramenta fundamental na prevenção às drogas e a violência. A questão da violência e das drogas se alastrou por todas as camadas da cidade e da sociedade, chegando também à Zona Rural. E o programa vem para ensinar as crianças e adolescentes a dizerem não a todo esse mal. O saldo é bem positivo, os alunos absorveram bem todo o currículo de aprendizagem, foram extremamente participativos e compreenderam toda a nossa filosofia de combate às drogas e à violência", destaca o cabo Tiago, um dos instrutores do Programa. 

Solenidade de Formatura

Na solenidade, que foi animada pela banda de música da 11ª Região da PM, além da entrega dos certificados aos alunos e professores, foram premiados também os alunos vencedores do concurso de redação e os parceiros do Programa, que receberam o troféu Amigo do Proerd, criado para homenagear colaboradores que desempenharam um importante papel social. 

O evento contou com a presença de moradores da localidade, pais de alunos, autoridades da PM, da vereadora Maria da Graças, paraninfa dos formandos; da presidente da Associação de Moradores de Tabuas, Maria de Jesus Nunes; de representantes da equipe da Diretoria das Escolas do Campo de Pequeno Porte da SME, e do secretário municipal de Educação, Benedito Said, que, na oportunidade, parabenizou a todos os envolvidos pelo "excelente e sagrado trabalho, visando prevalecer o bem". 

Outras Escolas

De acordo com a diretora das Escolas do Campo de Pequeno Porte da SME, Fabrícia Silveira, a ideia a partir de agora é estender o Programa as outras escolas do campo. "Vejo este Programa como de fundamental importância, pois trabalha com as crianças, a cidadania, os valores e a prevenção às drogas. Ele veio pra somar com o trabalho que a SME vem desenvolvendo nessas comunidades. Só temos a agradecer a Polícia Militar". 

Para a mãe da aluna Ana Maria Viana, da E. M. Santa Clara, Adriana Alves Viana, o Programa contribui de forma significativa para o futuro das crianças. "Este é um programa nota 10, porque previne e orienta as crianças como agir diante da violência e contra as drogas. É muito importante desde pequeno cortar o mal pela raiz. Minha filha aprendeu muito e acredito que esse aprendizado ela vai levar pra vida toda", comenta Adriana.   

Fotos: Mauro Fernando (Educamoc)

Leia também:

CEMEI Major Prates realiza festa junina da unidade com a presença de mais de mil pessoas

Projeto da Escola Irmã Beata visa resgatar os auditórios escolares

'Sou um super-herói': Trilha da Leitura fecha o ciclo de apresentações nas unidades urbanas

Trilha da Leitura apresenta nas formaturas do Proerd