Educamoc - O Portal da Secretaria Municipal de Educação de Montes Claros
Publicado Quar, 04 de Abril de 2018 às 12:57. Visualizações: 216. Imprimir
Inspirado no Trilha da Leitura, Escola Mestra Fininha promove oficinas de leitura para alunos da unidade

Farley Henrique (Educamoc)

Com a presença da equipe do Projeto Montes Claros na Trilha da Leitura (MCTL), a E. M. Mestra Fininha deu início na última segunda-feira, dia 02 de abril, às oficinas de leitura 'Tecnologia e Literatura: desafios e possibilidades no mundo dos heróis', para os alunos do 6º ao 9º ano da unidade.

A atividade contemplou a dinâmica do 'Chá Literário' realizado para os supervisores e diretores no dia 26 de fevereiro, onde foram encenados os livros da biblioteca da escola mais lidos pelos alunos no último ano. Os alunos receberam o avental com um trecho de livro e, após o teatro, tiveram que responder à pergunta: 'Que livro é esse?' A cada livro descoberto, o aluno recebia um livro de presente, doado pelo Trilha da Leitura.

"Inspiradas na dinâmica utilizada pelo Trilha na reunião de fevereiro, ousamos pedir a equipe para utilizarem a mesma estratégia e nos ajudarem a lançar o nosso projeto de leitura aqui na escola. Elas, como sempre, prontamente nos atenderam e foi simplesmente linda. A atuação de toda equipe contagiou a todos os presentes, sobretudo pela forma criativa com que se apresentam e pela iniciativa de distribuir livros e revistinhas em quadrinhos voltados para a faixa etária dos alunos adolescentes. Agora, nosso desejo é que a alegria e encantamento sentidos, continuem a contagiar a todos nós ao longo deste ano letivo, para que a leitura esteja cada vez mais presente nas atividades realizadas na escola", destaca a diretora da unidade, Kátia Melo. 

Oficinas

O trabalho consiste em oficinas, leitura em livros impressos e digitais, concurso de escrita, teatros e interação entre alunos e escolas, a partir dos comentários dos livros lidos na página do projeto nas redes sociais.

“Num contexto em que o livro no formato tradicional, impresso, está quase esquecido nas bibliotecas e considerando que todas as gerações fazem uso desses recursos tecnológicos, desde a mais tenra idade, o presente trabalho justifica-se como uma das preocupações que têm sido constantes no ensino-aprendizagem, que é como formar leitores diante dos avanços tecnológicos e das transformações comportamentais das crianças, adolescentes e jovens antenados com as mídias sociais”, explica a professora e integrante do Trilha da Leitura, Simone Moreira. 

Apresentações

Em 2018 o Trilha da Leitura trabalha o espetáculo 'Sou um super-herói', peça que aborda o uso demasiado do celular e de suas ferramentas, em detrimento dos livros, destacando o consumismo, o desperdício e a necessidade de poupar, para vivermos com sustentabilidade e, tem como pano de fundo as aventuras do herói 'Camilão, o Comilão', do livro de Ana Maria Machado.

"A temática pretende despertar o interesse dos alunos, uma vez que alia a utilização do livro impresso e do digital, partindo das histórias e livros dos super-heróis de todos os tempos, marcadas por enredos detetivescos, cômicos, com elementos de suspense, aventura, sobrenatural, e, especialmente, elementos do gênero da ficção científica. Em outras palavras, elementos que expressam realidades não existentes que podem ou não se tornar uma realidade no mundo em que vivemos, mas que expressam sempre nossos sonhos, medos, aspirações e percepções inspiradas no contexto em que vivemos", explica a coordenadora do MCTL, Éllen Santa Rosa.

Fotos: MCTL

Leia também:

Sou um super-herói: Trilha da Leitura realiza apresentação especial para alunos dos CEMEI's Amig...

Escola Artur Fagundes realiza reunião com tema 'Inclusão em modulo II: Educando na adversidade'

Dia Mundial da Conscientização do Autismo

2ª Semana do Autismo no CEMEI Hamilton Lopes