Educamoc - O Portal da Secretaria Municipal de Educação de Montes Claros
Publicado Ter, 03 de Setembro de 2019 às 17:09. Visualizações: 1.594. Imprimir
“Minha Cidade, Meu Tesouro”: Trilha da Leitura visita mais quatro escolas do campo

Farley Henrique (Educamoc)

Em continuidade as apresentações do espetáculo teatral “Minha Cidade, Meu Tesouro”, que aborda a nova temática da Educação Infantil Municipal para o segundo semestre deste ano, a equipe do Projeto Montes Claros na Trilha da Leitura esteve em mais quatro escolas do campo nos dias 29 e 30 de agosto. 

Na ocasião, o Trilha esteve nas escolas municipais Benedito Maciel (29), da comunidade Fazenda Buriti do Campo Santo; no Pré-Escolar Santa Rosa de Lima (29); na Celme Borém (30), do Povoado Campus Elísius; e na Alexandre Martins Durães (30), do Distrito de Vila Nova de Minas. * Clique no nome da unidade e veja como foi o evento no local. 

“O teatro está possibilitando a união da literatura com o ensino-aprendizagem. Através da história, os alunos viajam na trama de Peter Pan e sua turma, descobrindo tesouros especiais, inclusive na própria cidade.”, comenta a professora e integrante do Trilha, Sayonara Nascimento.

A peça
O novo teatro aborda a busca de Lalinha pelo significado da palavra tesouro, uma vez que a sua escola está trabalhando sobre o tema. Com um livro que ganhou da avó, ela embarca em uma aventura com Peter Pan e sua turma à procura do tesouro escondido. Ao final, descobre que os verdadeiros tesouros estão bem visíveis no mundo real, na sua cidade e, precisam ser preservados. 

“Nossa cidade tem verdadeiros tesouros escondidos para a maioria da população, que não visita e nem conhece. O teatro está mostrando às crianças como a nossa cidade é bonita, contendo lugares e pessoas especiais que precisam ser descobertos e valorizados.”, avalia a coordenadora do Trilha, Éllen Santa Rosa.

Segundo a professora e integrante do Trilha, Maria Deusdima Silva, contar esta história “é voar na imaginação e sobrevoar Montes Claros, visitando espaços especiais e descobrindo seus tesouros, que precisam ser preservados, como parques, prédios públicos, praças, entre outros”.

Última atividade
Ao final deste trabalho, os alunos serão convidados a desenhar um lugar especial da cidade, como se encontra hoje e como eles gostariam que estivesse daqui a alguns anos, colocar este desenho em uma garrafinha e enterrar, em um local seguro e demarcado, para que outras crianças também descubram como se modificaram os espaços preciosos da cidade daqui a algum tempo.

Fotos: Trilha da Leitura

Leia também:
Escola Aurora Monteiro promove sábado descontraído em comemoração ao Dia da Família
Trilha da Leitura retoma o projeto “Geladeira Literária”
rilha da Leitura inicia os trabalhos do semestre
Exposição folclórica no Cemei Dr. Mário Ribeiro